domingo, 1 de setembro de 2013

Bienal: Nicholas Sparks

Bom, queria dizer que já começo esse post aos prantos. Acordei às 3 da matina para ir até a Bienal, quando cheguei fiquei super feliz, pois só tinham umas 50 pessoas na minha frente. Até que uma ambulância entrou e todos foram correndo desesperadamente. Começaram a formar uma multidão em frente ao pavilhão laranja, ficamos ali por uma bom tempo, todos esmagados, até que abriram e apartir desse momento foi um Deus nos acuda.
Peguei a senha 057, sinal que eu corri muito. Quando eu peguei a senha dei gritos e pulos de alegria, finalmente iria conhecer o meu ídolo, mas não foi tão fácil assim... Logo depois de pegar a senha, fui para a outra fila do bate-papo, a fila estava super organizada, parecia que ia dar tudo certo, mas só parecia. Em segundos a fila tinha sumido, os seguranças não conseguiam controlar os fãs. Depois de ficar por um bom tempo na muvuca, tinha chegado a minha vez de conhecer o meu amor.


Não tenho palavras para descrever o que eu senti quando o vi pela primeira vez, não tive reação, não estava acreditando. Meu coração disparou, minhas mãos suaram e todos os meus pensamentos foram: "Eu estou conhecendo o homem que tem o poder de me fazer sorrir e chorar". Dei um beijão no rosto dele que uma mulher até brigou comigo. Eu tinha planejado um lindo dialogo com ele, mas na hora eu só consegui dizer "I love you so much" e ele respondeu "Me too, obrigada!", nessa hora meu mundo parou. Conheci o meu ídolo, realizei um sonho. Nicholas, eu amo você eternamente. Sem palavras!


Sim, eu sou fã e dei um beijo no meu ídolo.


Josi: I love you so much
Nicholas: Me too, obrigada!
Enfartei


video
Gravei um vídeo para guardar um dos momentos mais felizes da minha vida. Realizei mais um sonho. Nicholas, eu sou completamente apaixonada por você. Obrigada por me fazer chorar litros e sorrir mares. Obrigada por escrever os livros mais lindos. Obrigada por ser quem você é. Obrigada por realizar um sonho. Eu te amo meu amor <3

"Embora você possa me chamar de sonhador, de tolo ou de qualquer outra coisa, acredito que tudo é possível." Nicholas Sparks

Um comentário:

  1. aaaaaaaaaaaai, fala sério! sou completamente apaixonada pelos livros dele, tenho TODOS, morri, morri, morri de inveja branca hahahaha! <3
    Doce Loucura

    ResponderExcluir